16 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Liliana Cá triunfa no Campeonato da Europa de Equipas

 

A recordista nacional do lançamento do disco foi a figura mais preponderante da formação de nacional portuguesa na primeira jornada.


Uma jornada com alguns resultados menos fulgurantes por parte dos atletas portugueses deixa Portugal no sétimo lugar do Campeonato da Europa de Nações, que se está a realizar no Estádio Nacional da Silésia, em Chorzow, na Polónia.


Os resultados inesperados de atletas como Patrícia Mamona e Francisco Belo, como exemplo, apenas sextos classificados, deixaram Portugal com poucos resultados na primeira metade da tabela classificativa. No final da jornada, os 34 pontos de diferença para a equipa de França (segunda classificada em 2019, agora apenas sexta, atrás da Espanha) são significativos e obrigam a uma superação enorme na segunda jornada.

 


Liliana Cá conseguiu a primeira vitória individual da tarde para Portugal. Liderando todo o concurso desde o primeiro lançamento, com a marca de 59,30 metros, a que a alemã Marike Steinacker respondeu com menos um centímetro, Liliana esperou pelo último lançamento para cimentar a liderança com os expressivos 61,36 metros.


No final, Liliana Cá sentia-se «realizada. Esta competição traz uma pressão maior, pois por qualquer erro nosso pode pagar toda a equipa. Então ao conseguir dar a maior pontuação sinto-me realizada».


Colocada a perspetiva, Liliana Cá refere que o resultado foi o possível. «Estive parada algum tempo devido a uma contratura nas costas, estou a regressar com segurança».


Na formação feminina Cátia Azevedo foi quarta classificada nos 400 metros, com a marca de 52,99 segundos, destacando-se das restantes portuguesas, com Marta Onofre (3,90 metros no salto com vara) a também fugir aos dois últimos lugares.

 

Nas restantes, nota para o recorde pessoal de Salomé Afonso nos 800 metros, com os seus 2.04,04 minutos (melhor marca portuguesa do ano).

 


Também o quarteto de 4x100 metros (Patrícia Rodrigues, Rosalina Santos, Catarina Lourenço, Lorene Bazolo) obteve o quarto lugar, com 44,92 segundos, quando o frio já estava instalado no estádio.


Entre os homens, Leandro Ramos foi uma das exceções aos restantes resultados ao classificar-se em quinto lugar no lançamento do dardo com a marca de 76,18 metros, num concurso dominado pelo líder mundial do ano, o alemão Johanes Vetter, que alcançou a sua segunda marca de sempre: 96,29 metros.


Outro foi o saltador em altura Vitor Korst, que foi quinto classificado com a marca de 2,10 metros. Nesta prova, uma nota para o “azarado” Marco Tamberi, que se lesionou antes da competição, já depois das inscrições finais.


A segunda jornada dos Campeonatos da Europa de Equipas tem agendada transmissão em direto na RTP 2 amanhã, domingo, a partir das 12h00.

 

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 17 de setembro de 2021 – 06:07:12

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...