18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Nacionais de Clubes: Sporting, em feminino, e Benfica, em masculinos, na liderança da I Divisão

Este fim-de-semana, a Capital Europeia do Desporto, Viana do Castelo, recebe as finais da I, II e III Divisões dos Campeonatos Nacionais de Clubes, numa organização da Federação Portuguesa de Atletismo, com o apoio da Associação de Atletismo de Viana do Castelo e da Câmara Municipal de Viana do Castelo. Nesta que é a 85.ª edição destes Campeonatos, a organização apostou num formato inovador, com a realização das provas em dois locais: a Pista de Atletismo Manuela Machado e o Parque da Cidade. Esta é uma aposta que pretende aproximar a modalidade e os atletas da comunidade, promovendo o atletismo e os seus melhores representantes a nível nacional e internacional.
 
No final desta primeira jornada, lideram a tabela classificativa, do lado feminino, o Sporting Clube de Portugal, com 87 pontos, e, do lado masculino, o Sport Lisboa e Benfica, com 80 pontos.
Individualmente destaque para a marca de Emmanuel Alobwede nos 100 metros. O camaronês ao serviço do Sporting, treinado por Rui Norte, correu a distância em 9,98s e, embora com vento irregular (v: +3,6 m/s) foi certamente um dos registos mais rápidos a que assistimos nestes campeonatos e em território nacional na distância. De sublinhar igualmente a prestação de Lorene Bazolo, do Sporting, que, do lado feminino, venceu facilmente os 100 metros, com a marca de 11,22s, a sua melhor nesta temporada e segunda nacional no presente período competitivo.
Emocionante foi também a prova de 4×100 metros masculinos, com o duelo entre o Benfica e o Sporting a resultar na vitória do primeiro a ser confirmada no photo-finish. A formação composta por André Prazeres, Sisínio Ambriz, Frederico Curvelo e Roger Iribarne venceu em 39,97s, a quarta melhor marca da temporada, apenas atrás das realizadas pela Seleção Nacional. Também a prova de 4×100 metros femininos produziu excelentes resultados, com a formação do Sporting, composta por Beatriz Andrade, Rosalina Santos, Olímpia Barbosa e Lorene Bazolo, a vencer em 45,10s, marca a valer um 11.º lugar nas melhores nacionais de sempre na disciplina.
Nos 400 metros, destaque para o duelo entre Emmanuel Bamidele, do Benfica, e o recordista de Portugal da distância, João Coelho, do Sporting, com o primeiro a levar a melhor e a vencer em 46,30s. De sublinhar igualmente a vitória de Cátia Azevedo, do Sporting, nos 400 metros femininos. A recordista de Portugal na distância venceu em 52,98s.
Nota de destaque também para os concursos de lançamento do peso, com a vitória, do lado masculino, de Roman Kokoshko, do Sporting, com a marca de 20,33 metros; e, do lado feminino, de Auriol Dongmo, também do Sporting, com a marca de 19,70 metros, a sua segunda melhor nesta temporada ao ar livre.
 
Na marcha, destaque para o veterano João Vieira, do Sporting, que continua a somar vitórias com boas marcas, tendo vencido hoje os 5000 metros em 19m58,44s, melhor marca da temporada na disciplina. Os 3000 metros marcha foram ganhos por Carolina Costa, do Sporting, com a marca de 13m25,17s.
 
Nos 1500 metros venceu Salomé Rocha, do Sporting, do lado feminino, com a marca de 4m24,09s. Do lado masculino, a vitória pertenceu a Isaac Nader, do Benfica, com o tempo de 3m59,0s.
 
Laura Taborda, do Sporting, venceu os 3000 metros obstáculos, com o tempo de 10m05,08s.
 
Nos 5000 metros, do lado feminino, venceu Catarina Ribeiro, do Sporting, com 16m83,10s. Do lado masculino, destaque para a excelente prova de Samuel Barata, do Benfica, que assumiu a dianteira da corrida desde o início e venceu destacado, com o tempo de 13m46,84s.
 
Leandro Ramos, do Benfica, venceu o lançamento do dardo, com 72,46 metros.
Ivo Tavares, do Benfica, venceu o salto em comprimento, com a marca de 7,56 metros.  
 
No salto com vara, vitória para Pedro Buaró, do Benfica, com a marca de 5,20 metros.
 
A sub-18 Márcia Maketa, na sua época de estreia no Sporting, venceu o lançamento do martelo com a marca de 56,79 metros, recorde pessoal. Do lado masculino, também Décio Andrade, do Benfica, venceu com recorde pessoal, com a marca de 72,81 metros.
 
Lucinda Sousa, do Estreito, venceu o triplo-salto, com a marca de 13,09 metros, numa prova na qual Patrícia Mamona, do Sporting, foi a grande ausência, tendo a sua colega Jéssica Barreira representado o clube, classificando-se na segunda posição.
 
Milena Lucena, do Estreito, e Anabela Neto, do Sporting, partilharam a vitória no salto em altura, ambas com a marca de 1,71 metros.
 
Os resultados completos podem ser consultados em https://fpacompeticoes.pt/2611/competicao
 
Fotos: FPA/Luís Barreto e Marcelino Almeida
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 27 de fevereiro de 2024 – 14:18:33

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...