15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

Caramulo Motorfestival Celebra XI Edição com Velocidade Recorde

 

Dez anos após a sua primeira edição, o Caramulo Motorfestival continua a afirmar-se como o evento de referência da paixão motorizada em Portugal, tendo atraído, nos dias 2, 3 e 4 de Setembro, mais de 30 mil pessoas à Serra do Caramulo, para vibrar com a beleza dos clássicos e toda a adrenalina do desporto automóvel.


Novo Recorde de Velocidade na Rampa do Caramulo


Esta XI edição do Caramulo Motorfestival ficou também marcada pela velocidade e pela performance: o piloto Pedro Salvador, ao volante do Norma M20 FC, foi o mais rápido de sempre em onze edições de Motorfestival, voltando a bater o recorde da mítica Rampa do Caramulo, com um tempo de 01m18,077ss.


Dez anos depois da primeira edição do Caramulo Motorfestival, não podíamos estar mais contentes com o percurso que fizemos até agora. Ainda há muito por fazer, mas a fantástica adesão do público, o entusiasmo crescente dos aficionados, a presença de tantos pilotos de referência, e sentir que contribuímos para divulgar e desenvolver a paixão motorizada em Portugal é a nossa maior motivação para fazer mais e melhor” afirma a organização. “O Caramulo Motorfestival continua a crescer, com um aumento notável das equipas femininas e internacionais, novidades a cada ano, trazendo muita velocidade e emoção a esta mítica rampa, como se viu este ano, em que se bateu o recorde da Rampa do Caramulo


Mais uma vez, o Caramulo Motorfestival conseguiu atrair aos seus palcos um plantel único de pilotos convidados, reunindo veteranos e alguns dos melhores pilotos do desporto automóvel nacional da actualidade.

 

Um dos momentos mais emotivos do Motorfestival foi a recepção de “Nicha” Cabral, o primeiro piloto português de Fórmula 1, que, aos 82 anos, voltou a subir a Rampa Caramulo, num Porsche 356, dez anos depois de ter apadrinhado a primeira edição do Caramulo Motorfestival. Entre os pilotos convidados, destaque para as presenças de André Villas-Boas, Francisco Sande e Castro, João Fonseca, e Rafael Lobato.


Igualmente bem representado esteve o desporto automóvel no feminino, graças às presenças de Elisabete Jacinto, que conduziu o seu camião todo-terreno rampa acima, e Rosário Sottomayor, a mais bem-sucedida piloto de velocidade portuguesa, que fez este ano a sua estreia no Motorfestival abraçando os clássicos, subindo a rampa num Bugatti Type 40 de 1929.


Entre as novidades que mais entusiasmaram o público presente, destaque para a estreia do Drift Show, em automóvel, pelas mãos do piloto Carlos Pacheco, e moto, que exibiu a sua perícia na rampa levando o público ao rubro, e o Monster Truck Show.


Marcas juntam-se à festa


Outro estreante no Caramulo Motorfestival a fazer as delícias do púbico foi o poderosíssimo Jaguar F-Type SVR, modelo único em Portugal, trazido pela Revor para mostrar toda a sua elegância e potência na Rampa do Caramulo. A Schweppes trouxe animação e glamour ao Motorfestival, apadrinhando o pórtico e apoiando as Pit girls, que, na pré-grelha, contribuíram para reviver o ambiente clássico da competição automóvel.

 

A Maserati quis marcar presença cedendo um Maserati Ghibli para abrir a pista, como carro 00, e a SIVA deu o seu contributo com um Volkswagen Passat GTE 218 CV, um híbrido “plug-in”, que serviu para realizar co-drives, subindo a Rampa do Caramulo com convidados, com o piloto veterano António Araújo Pereira ao volante.


Na Rampa Histórica do Caramulo, prova co-organizada com o Núcleo de Desportos Motorizados de Leiria, introduziam-se novidades quer na distribuição das categorias, quer na organização das subidas. O vencedor à geral foi Pedro Salvador, com o seu Norma M20, registando o melhor tempo de sempre na rampa de 1m18,077ss. O 2º lugar do pódio foi conquistado por António Nogueira, ao volante do seu Porsche 911 GT 2, com o tempo de 1m26,629ss e, em terceiro lugar ficou João Fonseca, em Apis F1000, registando 1m32,916ss.


Em Regularidade Sport, Categoria Veteranos, os vencedores foram: Francisco Lemos Ferreira/David Silva (Morris Moke), na Categoria Clássicos venceram Paulo Almeida/Bernardo Almeida, a correr num Porsche 914 e na Categoria Desportivos a vitória foi para Fernando Mateus e António Gonçalves (Toyota Starlet). Por fim, na Categoria Modernos, os vencedores foram João Figueiredo/António Martinho, ao volante de Mazda MX5 NA.


O prémio Senhoras foi atribuído à dupla Elizabeth Nobel/Elaine Nobel, em Jaguar XKR, conquistado assim o 1º lugar entre as equipas femininas. O 2º lugar foi conquistado pela equipa Madalena Reis/Rita Saldanha, em Alfa Romeo 1900 SSC e o 3º lugar foi atribuído à dupla Maria Patrício Gouveia/Filipa Schmidt, em Triumph TR3.


Este evento conta com o apoio do Museu do Caramulo, Turismo do Centro, Câmara Municipal de Tondela, rádio M80, RTP, Jornal dos Clássicos e Banco BPI.

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 16 de maio de 2021 – 09:59:08

Pesquisar

Como comprar fotos

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...