15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Henrique Chaves focado no Campeonato e de olho em Spa

 

 

Henrique Chaves disputa no próximo fim-de-semana a terceira ronda do GT World Challenge Europe, os 1000Km de Paul Ricard, França, uma prova que, para além ser uma importante etapa para o campeonato, é também vista como um ensaio geral para as míticas 24 Horas de Spa-Francorchamps.
 
O jovem português disputa este ano a principal competição dedicada a carros de GT da Europa, e uma das mais competitivas do mundo, tendo vindo a evidenciar o seu potencial, com um terceiro lugar e uma vitória na classe Pro-Am.
 
Estes resultados permitem a Henrique Chaves e a Miguel Ramos, o seu colega de equipa para todo o campeonato, figurar no segundo lugar do Campeonato de Pilotos Pro-Am a apenas cinco pontos dos líderes.
 
A prova do próximo fim-de-semana volta a contar também para a competição de endurance – anterior contou para a competição Sprint – tendo o duo português a companhia de um terceiro piloto.
 
Adrian Amstuzt deveria ocupar o lugar vago no Lamborghini Huracán GT3 Evo da Barwell, mas sofreu uma lesão num joelho, não podendo marcar presença nos 1000Km de Paul Ricard. O piloto suíço será substituído por Leo Matchinski, que estava já escalado para participar nas 24 Horas de Spa-Francorchamps.
 
A prova gaulesa é vista como o ensaio geral para a clássica das Ardenas, mas o jovem de Torres Vedras avisa que em Paul Ricard estão em disputa muitos e importantes pontos para o Campeonato de Pilotos. “Esta é uma corrida que nos ajuda a preparar as 24 Horas de Spa-Francorchamps, dada a sua extensão e terminar à noite, mas oferece também muitos pontos, logo, temos de maximizar todas as oportunidades tendo em vista o campeonato. É pena não termos o Adrian connosco, espero que recupere rapidamente, mas estou seguro de que o Leo estará igualmente muito forte e ajudar-nos-á a alcançar um bom resultado”, sublinhou Henrique Chaves.
 
Apesar do optimismo, o português e os seus colegas de equipa sabem que terão um grande desafio pela frente, dada a extensão e à qualidade da lista de inscritos, que ostenta quarenta e sete concorrentes. “Já sabemos que o nível é muito elevado neste campeonato, mas temos estado na luta pelos lugares do pódio e esse é o nosso objectivo para este fim-de-semana. O tráfego e a estratégia serão muito importantes, sobretudo numa prova tão extensa, mas vamos trabalhar desde os treinos-livres para podermos estar em boa forma tanto na qualificação como na corrida”, sublinhou Henrique Chaves.
 
O programa oficial da ronda de Paul Ricard do GT World Challenge Europe Endurance Cup tem o seu início na sexta-feira, com os treinos-livres e a pré-qualificação. No sábado, será disputada a qualificação (9h45) e a Corrida (17h00), podendo ambas ser seguidas através do website oficial da competição, ao passo que a Eleven Sports 3 transmitirá a prova de seis horas em directo.
 
Sabia que:
 
- Henrique Chaves estreou-se nas corridas de GT em Paul Ricard. O português competiu com um McLaren 720S GT3 da Teo Martín Motorsport na primeira prova do International GT Open de 2019, tendo com o seu colega de equipa, Martin Kodric. O duo conquistou o segundo posto.
 
- o piloto português visitou pela primeira vez o circuito gaulês em 2016, integrado na competitiva Fórmula Renault 2.0 Eurocup. O jovem de Torres Vedras conquistou como melhor resultado do fim-de-semana um décimo segundo lugar, numa prova em que Lando Norris, actual piloto de Fórmula 1 da McLaren, assegurou o segundo posto.
 
- ao longo da sua carreira no automobilismo, Henrique Chaves visitou Paul Ricard em todas as categorias em que militou ao longo de uma temporada completa – Fórmula Renault 2.0, European Le Mans Series, International GT Open. O único carro em que competiu sem ter passado pelo circuito francês foi o da World Series Formula V8 3.5, com o qual venceu uma das duas únicas corridas que disputou, ambas no Bahrein em 2017.
 
- o Circuit Paul Ricard foi estreado em 1969, tendo sido financiado pelo magnata das bebidas espirituosas Paul Ricard, daí o nome.
Em 1971, o circuito situado a cinquenta quilómetros de Marselha albergou pela primeira vez o Grande Prémio de França de Fórmula 1. De então para cá, realizaram-se dezasseis edições da prova gaulesa na pista de Le Castelet, estando prevista a décima sétima para o próximo dia 20 de Junho.

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 28 de julho de 2021 – 05:01:25

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...