18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Daniela Campos com o melhor resultado entre os portugueses na categoria de sub-23

Daniela Campos foi corredora portuguesa mais bem classificada nas provas de contrarrelógio que decorreram esta tarde em Sangalhos, Anadia, nos Campeonatos da Europa de Estrada. Portugal esteve também representado por Beatriz Pereira e Pedro Andrade.

 

Os atletas masculinos e femininos da categoria de sub-23 disputaram esta tarde o contrarrelógio individual dos Campeonatos da Europa. Daniela Campos foi a melhor portuguesa, tendo terminado a prova no 16.º lugar. A corredora concluiu o seu esforço individual com um tempo de 35m42s.

“Foi complicado lidar com o calor. Estava muito abafado. Foi muito duro gerir também o esforço. Sinto que só posso estar orgulhosa do meu resultado, principalmente tendo em conta o nível das atletas que temos aqui. São das melhores do mundo, portanto, qualquer que seja o resultado que consigamos obter vai ser sempre bom”, afirmou a atleta portuguesa.

 

À semelhança de Daniela Campos, Beatriz Pereira também marcou presença nesta prova de contrarrelógio, terminando na 24.ª posição, após completar a prova em 36m43s. A atleta que representa a seleção nacional nestes Campeonatos da Europa de Estrada, falou sobre o percurso deste contrarrelógio. “Foi difícil. Este é um contrarrelógio muito diferente de todos os que já tinha feito, muito ondulado e muito difícil de gerir. Durante muitos anos o contrarrelógio não era a minha especialidade, tenho treinado muito e os primeiros frutos do meu trabalho surgiram nos campeonatos nacionais em que fiz segundo. Vim para aqui para ter uma experiência diferente e para continuar a melhorar os meus contrarrelógios. Estou contente com o contrarrelógio que fiz, gostaria de o ter gerido melhor, mas espero que para o ano ou daqui a dois anos tenha a oportunidade de o fazer.”

 

No setor feminino, a medalha de ouro foi conquistada pela neerlandesa Shirin Androoij, que completou a prova em 31m34s. A italiana Vittoria Guazzini foi segunda, a 11 segundos, com Marie Le Net (França) a terminar com 12 segundos de diferença para a vencedora.

Pedro Andrade foi o único representante de Portugal no setor masculino da categoria de sub-23. Fechou na 32.ª posição, com uma marca de 30m40s. O corredor português revelou as maiores dificuldades que enfrentou e um percalço que sofreu logo no inicio da prova.

 

“As condições estiveram bastante adversas, mas era igual para todos. Estava bastante calor e tive um percalço logo no início do contrarrelógio. O meu bidon caiu e fui sem água durante o contrarrelógio todo, o que dificultou imenso o meu trabalho. Estava à espera de fazer um pouco melhor, mas as sensações também não foram bem o que eu esperava. Dei o meu melhor e quando assim é temos de estar satisfeitos independentemente do resultado. No domingo temos a prova de fundo e com ela mais uma oportunidade de fazer melhor”, disse Pedro Andrade, campeão nacional de contrarrelógio.

Alec Segaert (Bélgica) foi o melhor em prova, sagrando-se campeão da europa de contrarrelógio na categoria de sub-23. O croata Fran Miholjevic foi segundo, a 50 segundos do vencedor, seguido do francês, Eddy Huitouze.

 

Amanhã disputam-se os contrarrelógios mistos onde Portugal estará representado tanto na categoria de juniores como de sub-23. Em juniores, Portugal vai alinhar com Tiago Nunes, Rúben Rodrigues, Íris Chagas e Inês Santos, que serão a quinta seleção a partir, pelas 10h12. Na categoria de sub-23, a equipa portuguesa contará com António Ferreira, Pedro Pinto, Sofia Gomes e Beatriz Roxo, que serão a quarta seleção a partir, às 11h39.

 

Periodicidade Diária

sábado, 13 de abril de 2024 – 09:13:30

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...