18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Seleções jovens de estrada com três semanas de grande atividade

As Seleções Nacionais de Estrada irão viver três semanas de intensa atividade, participando em duas provas da Taça das Nações de Sub-23 e numa corrida da Taça das Nações de Juniores.

 

O périplo internacional, que envolverá um total de 15 corredores, inicia-se já nesta semana, com o Grande Prémio das Nações de Sub-23. A corrida começa no dia 15 na Chéquia, país que recebe duas etapas, antes de a caravana disputar uma tirada na Eslováquia e duas na Polónia.

 

O selecionador nacional, José Poeira, convocou seis corredores para este compromisso: Alexandre Montez (Credibom-LA Alumínios-Marcos Car), Diogo Pinto (Óbidos Cycling Team), Duarte Domingues (Sabgal-Anicolor), João Martins (Rádio Popular-Paredes-Boavista), José Bicho (AP Hotels & Resorts-Tavira-SC Farense) e Lucas Lopes (Supermercados Froiz).

 

Na semana seguinte, entre 23 e 26 de maio, é a vez de seis juniores pedalarem na Suíça, no Tour du Pays de Vaud. Estão convocados Daniel Moreira e Dinis Martins (Willebrord Wil Vooruit Juniors), Gonçalo Rodrigues (Landeiro/KTM/Matias & Araújo), João António (ABTF Betão-Bairrada), José Salgueiro (Picusa Academy) e José Miguel Moreira (Polti Kometa U19).

 

Entre 30 de maio e 2 de junho é, novamente, a vez de a Seleção Nacional de Sub-23 regressar à estrada. Irá fazê-lo na Corrida da Paz, na Chéquia. Esta corrida marca o retorno de António Morgado (UAE Team Emirates) após a paragem competitiva que se seguiu à campanha de clássicas. Será acompanhado por três corredores que também competem no GP das Nações, Alexandre Montez, Duarte Domingues e Lucas Lopes, mas também por Daniel Lima (Israel Premier Tech Academy) e por Gonçalo Tavares (Hagens Berman Jayco).

 

“A participação na Volta a França do Futuro é um dos grandes objetivos da Seleção Nacional de Sub-23 em 2024. Para isso é necessário garantir o apuramento, algo que tentaremos assegurar nas duas corridas da Taça das Nações das próximas semanas. Quanto aos juniores, apresentaremos uma equipa que junta corredores de segundo ano com outros de primeiro, procurando trabalhar a base de um coletivo forte, numa categoria que, a nível internacional, está cada vez mais competitiva”, afirma José Poeira.

 

Portugal tem recordações agridoces do Grande Prémio das Nações, cuja edição de 2024 começa já na quarta-feira. Em 2023, António Morgado venceu uma etapa da competição, mas também teve um problema mecânico, numa das etapas decisivas, que o impediu de ir além do sexto lugar final.

 

A primeira etapa irá ligar as localidades checas de Prostejov e Bouzov, ao longo de 135 quilómetros, com final em subida. Ainda na Chéquia, a segunda tirada somará 110 quilómetros entre Prerov e Kohutka, numa viagem de sobe e desce e meta instalada em montanha.

 

Já na Eslováquia, a terceira etapa começa em Tvrdosin e termina, 121 quilómetros adiante, em Strbske Pleso, novamente com uma chegada em subida. Ao quarto dia, já depois da chegada à Polónia, teremos a primeira etapa sem final a subida. Será ao cabo dos 175 quilómetros que separam Bukovina Resort de Jaslo.

 

As derradeiras pedaladas vão unir Powiat Leski e Hotel Arlamow, num traçado de 148 quilómetros, outra vez com final em alto.

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 22 de maio de 2024 – 12:03:24

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...