18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Paralímpicos: Ana Filipe em sexto lugar no salto em comprimento T20. João Correia e Helder Mestre, respetivamente, em sexto e sétimo lugares nos 100 metros T51

 

 

Na jornada vespertina de hoje dos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020, a portuguesa Ana Filipe, da ACM Terceira, terminou na sexta posição a sua participação no salto em comprimento T20, alcançando a marca de 5,16 metros, no segundo ensaio. Participou também nesta competição, que foi ganha pela polaca Karolina Kucharczyk com um salto de 6,01 metros, recorde paralímpico, Cláudia Santos, do Joma, que terminou na 9.ª posição, com a marca de 4,89 metros.

 

Ana Filipe, que recentemente se sagrou campeã da Europa, nos VIRTUS, de 60 metros barreiras, triplo salto e salto em altura, fez hoje quatro saltos em comprimento acima dos 5 metros, abrindo o concurso com 5,01 metros; depois 5,16 metros; em seguida 5,02 metros; e após um nulo e um salto de 4,93 metros, fechou a sua participação com 5,03 metros. No final, a atleta da ilha Terceira, nos Açores, disse estar “satisfeita com o sexto lugar”, mas não escondeu que “gostaria de ter alcançado uma marca melhor”.

 

Do lado masculino, João Correia competiu nos 100 metros T51, tendo terminado na sexta posição com a marca de 24,37s, seguido por outro português, Hélder Mestre, que, do sexto lugar nos 200 metros T51, terminou hoje a sua participação nestes Jogos Paralímpicos, com o 7.º lugar nos 100 metros T51, distância que percorreu em 24,72s. A prova foi ganha pelo belga Peter Genyn, com a marca de 20,33s, recorde paralímpico.

 

O atletismo português termina a sua prestação nesta paraolímpiada este sábado, com as prestações de Manuel Mendes e Maria Odete Fiúza, a partir das 22h50, na maratona, respetivamente T46 e T11.

 

 

Periodicidade Diária

domingo, 3 de março de 2024 – 22:50:24

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...