18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Herlings e Geerts vencedores no Casarão

 
Herlings e Geerts vencedores no "Casarão" Portugal MXGP 2023
MXGP
O Crossódromo Internacional de Águeda encheu-se de vida e cor para o derradeiro dia do Portugal MXGP. Ao longo da tarde e com temperaturas a rondarem os 28°C, MXGP e MX2 entraram em pista para cumprirem duas exigentes mangas de 30 minutos.
 
Na primeira manga MXGP, o espanhol líder do campeonato saiu na frente e dominou toda a corrida. O piloto GasGas tinha Romain Febvre a mais de dois segundos e em terceiro J. Herlings. O piloto Kawasaki tentou de tudo ao longo da manga, no entanto na fase final, quase perdia a posição para o "Bullet" holandês.
 
Na derradeira manga do dia, Seewer e Ruben Fernandez saiam na frente lado a lado, com Herlings logo atrás. Depois de intensa luta nas voltas iniciais, já na quinta, Herlings aperta com Fernandez e acaba por assumir a liderança. Logo a seguir Prado - vencedor da manga 1, comete erro na passagem junto ao pit lane e perde todas as possibilidades de uma segunda vitória.
 
Herlings vence com cerca de nove segundos de vantagem e sagra-se o grande vencedor desta edição do Portugal MXGP.  Fernandez termina a segunda manga em segundo e Febvre em terceiro - 2º lugar final em Águeda. Prado, que apesar de se ter mostrado como um possível vencedor em Portugal, com o menos positivo sexto lugar, termina a jornada no lugar mais baixo do pódio (mantem a liderança do Campeonato do Mundo).
Paulo Alberto e Luís Outeiro foram os dois pilotos que levaram a bandeira portuguesa nesta classe maior. Outeiro viu-se afastado depois de uma queda ainda na primeira final da tarde - possível fratura do ombro/clavícula (em atualização). Já Alberto conseguiu pontuar em ambas as mangas, apesar das dificuldades em conquistar lugares, diante de um contingente mundialista de grande nível. O piloto leiriense viria a terminar a jornada em 19º lugar.
MX2
A classe MX2 viu na primeira manga, Adamo sair na frente. O italiano da KTM oficial protagonizou grandes momentos com o líder do campeonato Jago Geerts, no entanto a duas voltas do fim, o piloto Yamaha acaba por passar e vencer pela segunda vez em Águeda. O terceiro foi o holandês da Husqvarna, Kay de Wolf. Destaque para Liam Everts - filho da lenda Stefan Everts, que nas curvas iniciais comete erro e acaba por ficar na cauda do pelotão.
 
Já na segunda manga, Laengenfelder - GasGas sai na frente, mas após um par de curvas é ultrapassado por Geerts. O piloto belga da Yamaha volta a vencer e sagra-se "Rei" em Águeda. Já o germânico da GasGas roda grande parte da corrida em 2º, no entanto à passagem da 13ª volta é ultrapassado pela dupla da Husqvarna Factory Kay de Wolf e Roan Van de Moosdijk - 2º e 3º classificados.
 
No cômputo geral Geerts isola-se cada vez mais na frente do campeonato - três vitórias em cinco GP´s. Já Kay de Wolf e Roan Van de Moosdijk saem de Portugal com um pódio - 2º e 3º classificado respetivamente.
 

Periodicidade Diária

terça-feira, 21 de maio de 2024 – 19:42:14

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...