15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Red Bull Cliff Diving World Series - Confirmações e surpresas no arranque

Primeiros saltos no ilhéu de Vila Franca do Campo

 

O russo Artem Silchencko e a mexicana Adriana Jimenez foram os primeiros a brilhar no arranque da etapa portuguesa do Red Bull Cliff Diving World Series, com a ação a regressar pelo quarto ano consecutivo ao ilhéu de Vila Franca do Campo. O primeiro confirmou as suas credenciais e é um forte candidato a repetir a vitória aqui alcançada há três anos. Por seu lado, Jimenez surpreendeu ao quebrar o domínio das suas rivais americanas, dominando a primeira ronda na estreia das mulheres em águas açorianas.

 

Orlando Duque

 

Após as sessões de aquecimento, o quadro masculino avançou para a submissão à apreciação do júri, com o mexicano Jonathan Paredes, o terceiro a mergulhar, a assegurar o derradeiro lugar do pódio provisório, o colombiano Miguel Garcia a garantir a segunda posição e o russo Artem Shilchenko, o último a entrar em ação, a assegurar a liderança numa sessão de abertura em que todos os atletas executaram saltos com o mesmo grau de dificuldade. "Ganhei aqui há dois anos e penso que neste momento estou em condições de repetir esse resultado. Foi issoque mostrei hoje.Consegui estar ao meu melhor nível e estou prontopara continuar na frente amanhã”, referiu, Shilchenko com confiança.

 

No polo oposto, o líder do circuito mundial, Gary Hunt, que teve uma estreia poucoauspiciosa com o 12º posto, afastou qualquer hipótese mais pessimista. “As coisashoje não me correram muito bem, sobretudo no momento da entrada na água. O Artem está muito forte, mas ainda assim está tudo em aberto para amanhã e quero muito fazer história neste desporto, conquistando a quinta vitória consecutiva", sublinhou o britânico, que tem dominado todas as provas da temporada e quer quebrar o "engiço" do ano passado na etapa de Vila Franca do Campo.

 

Adriana Jimenez

 

Já Adriana Jimenez instalou-se no comando, após dominar as duas sessões da competição feminina, deixando a alemã Ana Bader e a 'wildcard' americana Cesilie Carlton, nas posições imediatas.“Estou muito contente com o dia de hoje e não apenas porque consegui ser a melhor", referiu a mexicana, de 30 anos, justificando: "Saltar nesta ilha diretamente das rochas é uma experiência única, por isso estou rendida aos Açores que são já o meu spot preferido para o cliff diving! Ganhar é sempre algo que ambiciono, mas não quero colocar muita pressão para amanhã...".

 

Com apenas mais uma ronda para decidir o título da etapa portuguesa da Red BullCliff Diving, Jimenez pode bem sonhar com a continuidade na permanência entre a elite do circuito mundial.

 

Tara Tira Hyer

 

Para a elite masculina tudo ficará decidido em mais três rondas a disputar na manhã de sábado.

 

Créditos fotográficos:
Romina Amato | Red Bull Contentpool
Dean Treml | Red Bull Contentpool

Periodicidade Diária

quinta-feira, 29 de julho de 2021 – 09:31:00

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...