15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Red Bull Cliff Diving World Series - Gary Hunt e Adriana Jimenez venceram em Mostar

 

A passagem do Red Bull Cliff Diving World Series por Mostar, na Bósnia e Herzegóvina, confirmou este fim de semana a intensa luta pelo título de 2018. Com o britânico Gary Hunt a conquistar a sua terceira vitória consecutiva e a mexicana Adriana Jimenez a surpreender nos femininos, as lideranças mudaram e adiaram para a última etapa todas as decisões.

 

A ponte velha de Mostar – na Bósnia e Herzegovina – foi no último fim de semana o cenário da penúltima etapa deste ano do Red Bull Cliff Diving World Series. Para os melhores atletas de saltos para a água de grande altura do planeta, voltar a este spot mítico da modalidade é sempre uma motivação adicional.

 

A competição foi particularmente disputada, confirmando o regresso à melhor forma de Gary Hunt – detentor de seis títulos em nove possíveis do circuito mundial. Depois de ter conquistado nos Açores o seu primeiro pódio da época, pondo fim a uma sucessão de etapas desastrosas, o britânico parece ter-se reencontrado, como o demonstra a terceira vitória consecutiva deste ano. “Acho que estou no bom caminho. No ano passado diziam que nunca tinha ganho uma competição feita numa ponte e eu mostrei que era capaz. Este ano diziam que ninguém tinha vencido aqui por duas vezes. Também mostrei que isso é passado. Agora dizem que quem ganha em Mostar não chega ao título, por isso sei bem o que tenho de fazer”, afirmou no final. O pódio em Mostar ficou completo, respetivamente, com o checo Michal Navratil e o wildcard sensação Catalin Preda (Roménia).

 

Os femininos cumpriram em Mostar a quarta etapa do ano, com a mexicana Adriana Jimenez a deixar bem claro que vai lutar até ao último salto pela conquista do seu primeiro título. A vitória que conquistou permitiu-lhe passar para o comando da classificação geral, mas a sua vantagem para a atual Campeã, a australiana Rhiannan Iffland, ainda é escassa. “Estou muito feliz com este resultado e não quero sentir demasiada pressão, por isso a partir daqui vou pensar num salto de cada vez”, explicou depois de subir ao pódio, juntamente com Iffland e a britânica Macaulay.

 

Todas as decisões da época ficam assim adiadas para a última etapa, que decorre dentro de duas semanas (23 de setembro), em Polignano a Mare, Itália.

 

Periodicidade Diária

sexta-feira, 18 de junho de 2021 – 22:05:50

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...