15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Red Bull Cliff Diving World Series: Meia época cumprida - Açores é o próximo destino da elite mundial

 

Foi na emblemática Casa da Ópera de Copenhaga que se assinalou no último fim-de-semana o meio da época de 2015 do RedBullCliffDivingWorldSeries,com saltos a 28metros realizados a partir do telhado deste ícone da arquitetura moderna.Gary Hunt voltou a vencer e está cada vez mais próximo do quinto título mundial, seguido de Aldridge e Duque. O ilhéu de Vila Franca do Campo, nos Açores, é o próximo destino da elite mundial. 

 

 

Mais de 35 mil espectadores assistiram ao vivo ao regresso do RedBullCliffDivingWorld Series à capital dinamarquesa - Copenhaga - naquela que foi a quarta etapa da época de 2015. Os saltos realizaram-se como manda a tradição a partir de uma altura de 28 metros, com a plataforma a ser montada no topo do telhado da Casa da Ópera.

 

  

 

Apesar de ter já no seu currículo quatro títulos de Campeão do circuito mundial, o britânico Gary Hunt continua a surpreender pela positiva depois de vencer a quarta etapa consecutiva esta época - um resultado que deixa excelentes indicações para a revalidação do título. Extremamente consistente, o britânico de 31 anos mostra-se no entanto contido nesta fase:“A próxima competição é nos Açores,onde no anopassado nem sequer consegui chegar à final, por isso acho que tenho algumascontas a ajustar lá no dia 18 de julho! Quanto a esta vitória,sinceramente nem estava muito confiante...Penso que o segredo da minhaprestação é acima de tudo a paixão que tenho por este desporto e,claro,o treino intenso”.

 

No segundo lugar do pódio destaque para prestação do antigo atleta olímpico dos saltos para a água, Blake Aldridge, que apresentou na Dinamarca o salto com o maior coeficiente de dificuldade de todos os tempos(6.3). Completando o quadro de honra, o colombiano Orlando Duque mantém o estatuto de lenda ao conseguir aos 40 anos permanecer no topo do desporto que abraçou há quase três décadas.

 

O ilhéu de Vila Franca do Campo,ao largo da ilha de SãoMiguel (Açores), é o destino que se segue - recebendo a 18 de julho pela primeira vez na sua história a competição feminina.

 

CALENDÁRIO|2015

25 abril         | Cartagena, COLÔMBIA

17 maio         | La Rochelle, FRANÇA

30 maio         |Lago de Possum Kingdom, Texas, U.S.A. |COMPETIÇÃO MASCULINA E FEMININA

20 junho        | Copenhaga, DINAMARCA

18 julho        | S. Miguel, Açores, PORTUGAL|COMPETIÇÃO MASCULINA E FEMININA

15 agosto      | Mostar, BÓSNIA HERZEGOVINA

13 setembro  | Polignano a Mare, ITÁLIA|COMPETIÇÃO MASCULINA E FEMININA

26 setembro  | Bilbao, ESPANHA

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL 2015

MASCULINOS (APÓS 4 ETAPAS)

 

1º Gary Hunt

UK

800 pts

2º Orlando Duque

EUA

550 pts

3º Blake Aldridge

COL

520 pts

4º David Culturi

UK

400 pts

5º Jonathan Paredes

MEX

289 pts

6º Andy Jones

EUA

240 pts

7º Artem Silchenko

RUS

220 pts

8º Steven LoBue

EUA

169 pts

9º Michal Navratil

CZ

160 pts

10º Miguel Garcia

COL

100 pts

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL 2015

FEMININOS  (APÓS 1 ETAPA)

1º Rachelle Simpson

EUA

200 pts

2º Lysanne Richard

CAN

160 pts

3º Ginger Huber

EUA

130 pts

4º Ana Bader

 GER

110 pts

5º Cesilie Carlton

EUA

90 pts

6º Helena Merten

AUS

  70 pts

7º Tara Tira

EUA

60 pts

8ºJacqueline Valente

BRA

50 pts

9º Adriana Jimenex

MEX

40 pts

10º Sophie Brundish

UK

30 pts

 

 

RED BULL CLIFF DIVING WORLD SERIES 2015

 

O Red Bull Cliff Diving World Series obedece a regras semelhantes aos saltos para a água olímpicos, com a principal diferença a residir no facto da plataforma ser montada a uma altura fixa de 27metros, proporcionando uma aceleração próxima do arranque de um F1:0-100km/hora em menos de três segundos! O formato da competição inclui quatro rondas,sendo a avaliação dos saltos (saída,posição no ar e entrada na água) assegurada por um júri internacional de cinco elementos.

 

Desde 2009, o Red Bull Cliff Diving World Series tem proporcionado um desenvolvimento estruturado da modalidade, destacando os seus principais especialistas e dando ao mesmo tempo oportunidade a uma nova geração de atletas. Em 2014 a competição passou tambéma contar com o setor feminino. Para 2015 está prevista uma emocionante viagem entre abril e setembro, com passagem pela América Latina, Estados Unidos e Europa - coincidindo a derradeiraetapa com a 50ª competição do circuito.

 

A LifeProof® é o parceiro oficial do circuito, garantindo a proteção dos telefones dos atletas enquanto estes enfrentam as mais duras condições dentro e fora de água.

 

Créditos fotográficos:
Romina Amato | Red Bull Contentpool
Dean Treml | Red Bull Contentpool
Esben Zøllner Olesen | Red Bull Contentpool
 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 26 de julho de 2021 – 14:04:04

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...