18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Liga MEO Surf – Primeira Divisão do surf nacional a caminho dos Açores

Os melhores surfistas nacionais estão a postos para embarcar rumo à ilha de São Miguel, nos Açores, onde, de 21 a 23 de Junho, se vai realizar o Allianz Ribeira Grande Pro, quarta e penúltima etapa da Liga MEO Surf, a primeira divisão do surf nacional.
 
Allianz Ribeira Grande Pro – Edição 2023:
– Campeões da Etapa: Joaquim Chaves e Francisca Veselko;
– 916 ondas surfadas por 68 surfistas inscritos;
– Melhor onda (máximo 10 pontos): 9 pontos, Eduardo Fernandes nos quartos-de-final;
– Melhor pontuação (máximo 20 pontos): 15,50 pontos, Francisca Veselko nas meias-finais.
 
Alexandre Gaudêncio, Presidente Câmara Municipal da Ribeira Grande
“É com enorme alegria que voltamos a receber a comitiva da Liga MEO Surf, estando, naturalmente, o Município da Ribeira Grande e toda a comunidade de braços aberto para vos receber. As nossas praias e as suas peculiares e exigentes ondas constituem-se como o desafio que todos terão que ultrapassar para brilhar neste Allianz Ribeira Grande Pro, que se realiza no Areal de Santa Bárbara, entre os dias 21 e 23 de junho. Mas se os olhos estarão postos no mar nesses dias, também em terra há muito para visitar, experimentar e sentir. Visitem a Ribeira Grande e sintam-se, verdadeiramente, em casa!”
 
Este é o terceiro ano consecutivo que a Liga MEO Surf ruma às desafiantes ondas e as pristinas paisagens açorianas, numa prova que poderá ser decisiva para as contas dos títulos nacionais de surf. Tomás Fernandes e Teresa Bonvalot chegam a este Allianz Ribeira Grande Pro na frente desta luta e, por isso, na posse das licras amarelas Go Chill.
 
Tomás Fernandes, atual líder do ranking masculino e da Allianz Triple Crown
“Tive um bom começo de temporada, onde conquistei duas vitórias e um 5.º lugar. A verdade é que estes resultados deixam-me num lugar privilegiado e algo confortável nas contas do ranking. Ainda assim, sei que a concorrência está forte e a surfar muito bem, como é o caso, por exemplo, do Guilherme Ribeiro, que ocupa o 2.º lugar do ranking. Parto para os Açores com o objetivo de continuar a mostrar o meu surf e poder divertir-me na água. Espero que os Açores nos ofereçam boas ondas e bom tempo e que possa trazer de lá uma vitória”.
 
Historial de vencedores do Allianz Ribeira Grande Pro:
2023 - Joaquim Chaves e Francisca Veselko
2022 – Frederico Morais e Teresa Bonvalot
2009 – Frederico Morais e Francisca Santos
2008 – Eduardo Fernandes e Carina Duarte
 
O Allianz Ribeira Grande Pro será, igualmente, a terceira e última paragem do já histórico Allianz Triple Crown, que em 2024 celebra o 10.º aniversário. Dessa forma, as ondas da Ribeira Grande vão coroar os campeões deste sub-troféu que conta também com as performances obtidas nas etapas de Figueira da Foz e Ericeira.
 
José Francisco Neves, Membro do Comité Executivo da Allianz Portugal e Diretor de Transformação e Marketing
“A última prova do Allianz Triple Crown disputa-se nos Açores, na Ribeira Grande. Este já é o terceiro ano consecutivo que damos naming a esta etapa, uma das mais aguardadas de toda a competição. A beleza natural e o espírito desportivo que se experienciam nestes dias de prova são inspiradores. Estamos entusiasmados em voltar ao mar açoriano para assistir ao melhor do surf nacional e, sobretudo, para revelarmos os grandes vencedores do #AllianzTripleCrown!”
 
Historial de vencedores do Allianz Triple Crown:
2023 – Guilherme Ribeiro e Francisca Veselko
2022 – Guilherme Fonseca e Teresa Bonvalot
2021 – Vasco Ribeiro e Francisca Veselko
2020 – Afonso Antunes e Teresa Bonvalot
2019 – Miguel Blanco e Teresa Bonvalot
2018 – Gony Zubizarreta e Camilla Kemp
2017 – Vasco Ribeiro e Carolina Mendes
2016 – Vasco Ribeiro e Carolina Mendes
2015 – Tiago Pires e Teresa Bonvalot
 
Tal como na luta pelos títulos nacionais, também Teresa Bonvalot e Tomás Fernandes chegam aos Açores na liderança deste ranking, embora no lado masculino Tomás divida o primeiro posto com Guilherme Ribeiro, atual detentor deste troféu. Algo que deixa em aberto vários cenários para a derradeira disputa da décima edição do Allianz Triple Crown.
 
Cenários para a decisão do Allianz Triple Crown masculino:
- Se Tomás Fernandes e Guilherme Ribeiro ficarem em 3º lugar, Afonso Antunes e Arran Strong entram nas contas com uma vitória;
- Se Tomás Fernandes e Guilherme Ribeiro ficarem em 5º lugar, além de Antunes e Arran Strong, Luís Perloiro entra também nas contas com uma vitória;
- Caso os cenários acima não se verifiquem, quem ficar à frente entre Tomás Fernandes e Guilherme Ribeiro vence a Allianz Triple Crown 2024;
- Se Tomás Fernandes e Guilherme Ribeiro ficarem empatados, e não se verifique nenhum dos outros cenários acima, haverá lugar a Surf-off para desempate.
 
Já para Teresa Bonvalot as contas são mais simples, para aquela que pode ser a quinta vitória da carreira neste sub-troféu.
 
Cenários para a decisão do Allianz Triple Crown feminino:
- Teresa Bonvalot vence Allianz Triple Crown 2024 com um 9º lugar ou melhor;
- Se Teresa Bonvalot ficar em 13º lugar, Carolina Mendes também entra nas contas com uma vitória.
 
Na 3.ª etapa da Liga MEO Surf estão ainda em disputa os prémios paralelos Best Wave (melhor onda da etapa), Bom Petisco Girls Score (melhor pontuação exclusivamente dedicada às senhoras), Go Chill Expression Session (melhores manobras no masculino como no feminino), o Waversby Round (melhor performance desportiva no round 3), Waikiki Junior Award (melhor surfista júnior em competição) e o Ribeira Grande Best Surfer (melhores surfistas locais).
 
Fantasy Surfer – Façam as vossas apostas em fantasy.ansurfistas.com 
Prémio vencedor etapa: Relógio Rip Curl Search GPS 2
Prazo constituição das equipas: hora do call do primeiro dia de prova
 
Fotos: Jorge Matreno/ANSurfistas
 

Periodicidade Diária

sábado, 13 de julho de 2024 – 12:01:11

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...