18 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Arthur Fils ergue primeiro título profissional no Indoor Oeiras Open

 
- Jovem francês travou o campeão da semana anterior
 
O francês Arthur Fils conquistou, este sábado, o primeiro título da carreira profissional no Indoor Oeiras Open 2, torneio do ATP Challenger Tour que a Federação Portuguesa de Ténis organizou no Complexo de Ténis do Jamor com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras.
 
Antigo número três do ranking de juniores, Arthur Fils (252.º classificado no ranking ATP) travou na final o belga Joris De Loore (266.º), campeão do Indoor Oeiras Open 1 no domingo, por 6-1 e 7-6(4).
 
Na semana em que alcançou pela primeira vez umas meias-finais em torneios do ATP Challenger Tour, o promissor jogador gaulês não se mostrou satisfeito e só parou com o troféu de campeão nas mãos, conquista que consumou ao cabo de 1h42 e depois de anular sete set points no segundo parcial, todos no 10.º jogo.
 
Joris De Loore pareceu sentir o físico na segunda final do Indoor Oeiras Open, depois de 11 triunfos em 14 dias (e o primeiro troféu da carreira no circuito secundário), e esteve muito abaixo do que produziu, sobretudo no primeiro parcial. Mas depois de ser assistido pelo fisioterapeuta equilibrou a contenda e esteve perto de forçar uma terceira partida.
 
Mas do outro lado esteve um adversário que revelou nervos de aço. Apesar da falta de experiência nestas ocasiões, Arthur Fils demonstrou estofo de campeão e serviu ao nível mais elevado do duelo para evitar a perda do segundo set depois de ter liderado por um break. E também se destacou na resposta, que utilizou para neutralizar a maior arma do adversário belga e impingir-lhe três quebras de serviço — quase tantas como as que sofreu (quatro) ao longo dos 11 encontros anteriores no Jamor.
"Foi uma semana fantástica. Joguei muito bem durante toda a semana e terminar com uma vitória como esta é muito bom, porque a final foi dura e o meu adversário estava a jogar muito bem”, começou por afirmar Arthur Fils na derradeira conferência de imprensa. “O meu primeiro set foi incrível. Joguei muito, muito bem, fui muito agressivo e praticamente não falhei. Mas o segundo foi duro, houve um jogo muito longo ao 5-4, talvez de 20 minutos, em que precisei de salvar muitos set points. Por isso fiquei muito satisfeito por ter conseguido ganhar no tie-break.”
 
Para além do primeiro título da carreira de profissional, o Indoor Oeiras Open 2 também permitiu a Arthur Fils assegurar a estreia no top 200 do ranking ATP. Ou seja, o francês despediu-se de Portugal com vários motivos para celebrar, e repetindo o sucesso do compatriota e amigo Luca Van Assche, que em novembro conquistou, na terra batida da Maia, o primeiro título da carreira no ATP Challenger Tour.
O torneio ficou concluído com a festa de Sander Arends e David Pel. Primeiros cabeças de série, os jogadores dos Países Baixos derrotaram o compatriota Bart Stevens e o finlandês Patrik Niklas-Salminen por 6-3 e 7-6(3) e sagraram-se campeões de uma prova Challenger pela nona vez lado a lado, eles que em 2021 alcançaram o momento mais alto das respetivas carreiras ao vencerem, também enquanto parceiros, o ATP 250 de Bastad, na Suécia.
 
Concluídas as duas finais, o presidente da Federação Portuguesa de Ténis, Vasco Costa, fez um balanço positivo da semana de ATP Challenger Tour no Complexo de Ténis do Jamor: "O nível competitivo foi muito bom, muito alto. O fator menos positivo foi não termos tenistas portugueses nas finais, porque a nossa expetativa é sempre essa tanto em singulares, como em pares, mas desta vez não foi possível. Ainda assim foram dois torneios muito importantes porque tivemos muitos jogadores portugueses a competir: 10 na primeira semana, nove na segunda. E é muito positivo e muito importante que os nossos jogadores e as nossas promessas tenham oportunidades para se habituarem a este ritmo.”
 

Periodicidade Diária

domingo, 19 de maio de 2024 – 05:32:55

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...