15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

Notícias

João Pereira 8º no Europeu de Triatlo

João Pereira terminou esta tarde o Campeonato da Europa de Triatlo Elite na 8ª posição. Depois de uma natação de bom nível, Pereira integrou um grupo de 14 unidades de onde saíriam os dois primeiros classificados. No entanto, o segmento de ciclismo mais técnico fê-lo perder metros preciosos que rapidamente se alargaram, resultando num atraso para o grupo líder. Pereira acabou absorvido pelo grupo perseguidor onde vinham Miguel Arraiolos e, até certa altura, Hugo Ventura. Bruno Pais perdeu algum terreno na natação e acabou por ver comprometidas as suas aspirações a um bom resultado.
 
No segmento de corrida final, Pereira voltou a ter um registo ao nível dos melhores cruzando a meta no 8º lugar. Quem também exibiu um bom grupo de corrida foi Miguel Arraiolos que alcançou o seu melhor registo em Campeonatos da Europa, com o 13º lugar. Seguiram-se Hugo Ventura em 29º e Bruno Pais em 36º.
 
Sem surpresa, o ritmo imposto por Richard Varga (Eslováquia) ao longo dos 1500 metros de natação foi intenso e tinha por objectivo afastar corredores do nível de Mário Mola (Espanha) e João Pereira. Com Varga na frente do pelotão colocavam-se o italiano Alessandro Fabian, os russos Ivan Vasiliev e Dmitry Polyanskiy, o francês (filho de pai português) Vicent Luís e ainda também João Pereira, que desta forma cumpria o objectivo de integrar o grupo da liderança.
 
Alguns segundos depois também Miguel Arraiolos entrou no Parque de Transição, seguido de perto por Hugo Ventura. Mais atrasado surgia Bruno Pais que integrou um terceiro grupo.
 
Uma vez no ciclismo, rapidamente o grupo se entendeu e impôs um andamento frenético por entre os muitos obstáculos urbanos que o percurso oferecia e que ia mesmo colocando em dificuldade alguns dos elementos desse grupo, como foi o caso de João Pereira e de Dmitry Polyanskiy. Desta forma, o duo acabou absorvido pelo grupo perseguidor onde o espanhol Mário Mola encabeçava um grupo perseguidor onde estavam Arraiolos e Ventura.
 
Apesar dos esforço e mesmo com um forte contigente espanhol no grupo, o grupo de Mola, Pereira e Arraiolos (Ventura entretanto também deixou de integrar este grupo) ia perdendo 10 segundos volta para os 8 homens da frente, uma tendência que apenas se inverteu na fase final da prova.
 
Ao cabo dos 40Km de ciclismo e com mais de 1 minuto e 44 segundos de vantagem, muito dificilmente o vencedor não seria um dos (agora) 8 homens da frente. Logo desde arranque para os 10.000 metros de corrida, Ivan Vasiliev mostrou-se o mais forte dos 8, deixando Fabian e Schwetz (alemanha) para trás. Do grupo perseguidor, saíam rapídissimos Mário Mola e João Pereira.
 
Volta após volta a diferença ia diminuindo e por pouco (ficou a 13 segundos da vitória) Mola não roubava a Prata ou o Ouro, respectivamente a a Ivan Vasiliev e a Alessandro Fabian. Mola correu os 10Km em impressionantes 29 minutos e 5 segundos e João Pereira (30'14'') voltou a mostrar que é um dos melhores corredores a nível mundial, já que ele, Mola e Polyanskiy foram os únicos a conseguir alcançar atletas que estavam a 1:44 no arranque para a corrida.
 
Por seu turno, no seu terceiro Europeu Elite (caiu em Pontevedra 2011 e foi 45º em Eliat 2012), Miguel Arraiolos conseguiu um grande resultado ao terminar na 13ª posição. Na estreia entre a elite, Hugo Ventura terminou a prova na 29ª posição. Após o segmento de natação menos conseguido, Bruno Pais viu-se impedido de alcançar um resultado à altura dos seus pergaminhos, concluindo a prova no 36º lugar.
 

Periodicidade Diária

sábado, 8 de maio de 2021 – 04:38:07

Pesquisar

Como comprar fotos

Reportagens fotográficas em preparação

- CNV Estoril I - 2021

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...