15 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Arranque do Red Bull Cliff Diving Açores

O colombiano Orlando Duque e o norte-americano Steven LoBue protagonizaram o primeiro “duelo” no regresso aos Açores do Red Bull Cliff Diving realizado pela terceira temporada consecutiva nos penhascos do ilhéu de Vila Franca do Campo. O tricampeão britânico Gary Hunt, atual líder da classificação e o russo, Artem Silchenko, campeão em título chegaram com intenção de impor os seus créditos, mas Duque e LoBue conseguiram os melhores saltos na etapa de estreia.

 

Num dia em que golfinhos assinalaram a presença da variada fauna aquática açoriana perto do ilhéu, LoBue e Duque evidenciaram os seus dotes de “predadores” do cliff diving, conquistando a liderança provisória da competição, com o mesmo número de pontos, à frente do americano Andy Jones e do polaco Kris Kolanus, colocando-se em boa posição para encerrar  com chave de ouro a quinta etapa do Red Bull Cliff Diving World Series – o mais importante circuito mundial de saltos para a água de grande altura.

 

Depois do arranque em Havana (Cuba) e das passagens pelo Texas (EUA), pela ilha de Inis Mór (Irlanda) e por Kragero, na Noruega, Steven Lobue não escondeu a surpresa por um início tão promissor. “Apesar de já aqui ter conseguido boas prestações, não estava à espera de um resultado tão bom, que me deixa muito motivado para os saltos da fase final, neste espectacular cenário  dos Açores”.

 

Com o resultado de hoje, obtido através de saltos efetuados diretamente da rocha – a forma original da tradição havaiana - a 27 metros de altura – Steven LoBue encontrará, amanhã, na fase de duelos a eliminar, o líder do campeonato, Gary Hunt, já autor de três títulos, que obteve um inédito último posto. A agitação do mar explica, em parte, o desaire de Hunt. Variações de um a dois metros entre as ondas levaram a que o atleta falhasse o tempo ideal de entrada na água. “Tive de levantar os braços, para corrigir o movimento de entrada na água e não bater de costas”, afirmou disposto a “virar a página” e atacar a ronda final “com confiança”, lembrando que “num cenário como este, tudo pode acontecer”.

 

Estratégia diferente seguiu Orlando Duque, que terminou na liderança com o mesmo número de pontos que LoBue. “As condições estavam difíceis, devido à ondulação e era preciso esperar o momento certo. Foi o que fiz”, referiu o colombiano dez vezes vezes campeão mundial da modalidade e vencedor deste circuito em 2009, revelando-se confiante relativamente ao desfecho das três últimas rondas de saltos, que amanhã decidirão a etapa, a partir das 10.30.

O Red Bull Cliff Diving Açores conta com o apoio do Governo da Região Autónoma dos Açores, Secretaria Regional do Turismo e Transportes dos Açores, Clube Naval de Vila Franca do Campo, SATA e MINI.

 

Periodicidade Diária

segunda-feira, 26 de julho de 2021 – 12:35:09

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...