16 anos ao serviço do Desporto em Portugal

publicidade

 

Notícias

Red Bull Cliff Diving World Series 2017: segunda etapa 8/9 de julho em S. Miguel

 

Evocando as origens de uma modalidade nascida no Havai há mais de 200 anos, o ilhéu de Vila Franca do Campo recebe no fim de semana de 8 e 9 de julho a segunda etapa de 2017 do Red Bull Cliff Diving World Series. O regresso aos Açores acontece pelo sexto ano consecutivo e promete grandes emoções, seja a partir das plataformas de 27 e 21 metros, seja com saltos diretamente das rochas.

 

Com a competição organizada pela primeira vez ao longo do fim de semana, as primeiras rondas decorrem no sábado e as finais no domingo - 8 e 9 de julho – o Red Bull Cliff Diving World Series está de regresso aos Açores pelo sexto ano consecutivo. Numa época mais compacta composta por seis etapas, o ilhéu de Vila Franca do Campo – situado na ilha de São Miguel, a menos de um quilómetro da cidade com o mesmo nome – destaca-se pelas suas paisagens selvagens e intactas. E também por ser o único destino da temporada onde os atletas têm a oportunidade de saltar diretamente das rochas, um desafio que evoca as origens da modalidade e que vem acrescentar um patamar de dificuldade adicional.

 

 

Os 22 atletas, de nove países, prometem mostrar os mais complexos e exuberantes saltos da modalidade proposta pela FINA – Federação Internacional de Natação – para os Jogos Olímpicos de 2020. Depois da saída da plataforma de 27 (masculinos) ou 21 metros (femininos) – ou diretamente da rocha de uma altura idêntica – o encontro com as águas do oceano dá-se em menos de três segundos, correspondendo a uma aceleração próxima da registada por um Fórmula 1!

 

 

O circuito mundial conta este ano com um novo Diretor Desportivo, o norte-americano Greg Louganis, lenda do desporto que é o mais bem-sucedido atleta de saltos para a água de todos os tempos. Tal como no ano passado, o grupo integra atletas masculinos e femininos – entre elementos do quadro permanente e “wildcards”. Cumprida a primeira etapa do calendário (Irlanda), há dois nomes que se destacam desde já. Em masculinos quem lidera é o hexacampeão Gary Hunt, uma referência que também venceu no ano passado nos Açores. Na mesma lógica, a australiana Rhiannan Iffland - a sensação de 2016 (foi a primeira atleta wildcard a chegar ao título na sua primeira época) começou igualmente o ano a ganhar.

 

Domingo (9 julho) a ação das finais vai poder ser acompanhada a partir das 13h30 (hora de Portugal continental) através da transmissão televisiva em direto da Red Bull TV: https://www.redbull.tv/live/AP-1RZDU6T5W2111/red-bull-cliff-diving-world-series.

 

CALENDÁRIO 2017

 

24junho          | Inis Mór, IRLANDA

9julho              | S. Miguel, Açores, PORTUGAL

23julho            | Polignano a Mare, ITÁLIA

3 setembro     | Texas, ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

16setembro  | Mostar, BÓSNIA HERZEGOVINA

21outubro      | Lago Ranco, CHILE

 

CLASSIFICAÇÃO GERAL 2017

 

MASCULINOS - APÓS 1 ETAPA

1º Gary Hunt

GBR

200 pts

2º Blake Aldridge

GBR

160 pts

3º Andy Jones

EUA

130 pts

4º Orlando Duque

COL

110 pts

5º David Colturi

EUA

90 pts

6º Jonathan Paredes

MEX

70 pts

7º Kris Kolanus

POL

60 pts

8º Alessandro De Rose

ITA

50 pts

Alain Kohl Wildcard

LUX

40 pts

10º Steven Lobue

EUA

30 pts

 

FEMININOS - APÓS 1 ETAPA

1º Rhiannan Iffland

AUS

200 pts

2º Yana Nestsiarava

 Wildcard

BLR

160 pts

3º Ginger Huber

EUA

160 pts

4º Tara Hyer-Tira

Wildcard

EUA

110 pts

5º Eleanor SmartWildcard

EUA

90 pts

Helena Merten

AUS

70 pts

7º Cesilie Carlton

EUA

60 pts

8º Adriana Jimenez

MEX

50 pts

 

Créditos fotográficos

Paulo Calisto | Red Bull Content Pool

 

 

Periodicidade Diária

quarta-feira, 22 de setembro de 2021 – 21:38:18

Pesquisar

Como comprar fotos

publicidade

Atenção! Este portal usa cookies. Ao continuar a utilizar o portal concorda com o uso de cookies. Saber mais...